Cabeça feita

IMG_1882[1]

Dois bonés da Lusa circulavam pacificamente em meio aos atleticanos neste sábado, no Canindé. Portuguesa e Atlético-PR entraram em campo em situações idênticas: apenas sete pontos, adversários diretos na zona da degola. Nada capaz de afetar a parceria entre Leões da Fabulosa e os Fanáticos.

IMG_1852[1]

Alianças entre clubes de Estados diferentes são comuns. As organizadas se ajudam, sobretudo com a logística de acomodação. O pessoal da Fanáticos chegou a SP por volta das 13h30 deste sábado e foi bem recebido na sede da Leões. Daí estarem à vontade na arquibancada do Canindé vibrando com a virada do Atlético por 3 a 2 com os bonés lusos.

Confesso nunca ter visto a camaradagem chegar a tal ponto. Sinal de evolução. Cena rara num estádio de futebol, especialmente em São Paulo. Presenciar uma torcida organizada civilizada, de cabeça feita, a ponto de não se importar de retribuir a gentileza a cobrindo com outro escudo, é de se tirar o chapéu.

Este slideshow necessita de JavaScript.

CURTA NO FACEBOOK

SIGA NO TWITTER

Queimados

Virou rotina. Quando o Santos está perdendo, a torcida pega o meia Felipe Anderson pra Cristo. De fato ele vem oscilando demais. Mas, juntar dez, vinte e vaiar o jogador toda vez que pega na bola, é outra só piora a situação. Neste sábado (22/09) à noite, no Pacaembu, na derrota por 3 a 1 ante a Lusa, torcedores do setor laranja quase saíram no tapa por conta da perseguição.

Também houve ataques, menos ruidosos, ao técnico Muricy Ramalho. A falta de padrão de jogo é notória. O time vive em função dos bicões na direção de Neymar. A estratégia (ou a falta dela), obviamente, não funciona com o garoto Victor Andrade no lugar do astro santista, que ontem cumpriu suspensão.

Por fim, no primeiro jogo depois da venda de Ganso ao São Paulo, a cúpula santista pode dizer que terminou tudo como planejado. As poucas reações contrárias (como na foto no alto da página) foram direcionadas exclusivamente ao meia.

SIGA NO TWITTER

Dupla comemoração

“Uh, terror, o Ganso é Tricolor.” Os são-paulinos comemoraram neste sábado um possível desfecho da novela envolvendo a contratação do meia do Santos. Os gritos se alastraram pelo Morumbi após o terceiro o gol, quando o time consolidou a vitória sobre a Portuguesa. Com o maestro municiando Lucas e Luis Fabiano, o torcedor já vislumbra uma arrancada no Brasileiro. A ver.

SIGA NO TWITTER 

De corpo e alma

Tatuagem radical em Corinthians x Portuguesa, no Pacaembu.

SIGA NO TWITTER

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: