Padrão Mooca


IMG_1768[1]

Ir à Rua Javari faz parte de um processo de higiene mental. Funciona bem, sobretudo depois das notícias desta semana sobre as regras de conduta estabelecidas pelo consórcio que administrará o Maracanã. Agora, além dos goleadores, o torcedor também está proibido de tirar a camisa no estádio.

IMG_1758[1]

O presidente do consórcio, João Borba, disse o seguinte:  “Fui no último fim de semana às finais do tênis em Wimbledon e, no convite, estava escrito que não é recomendável ir com determinada roupa. Quando um inglês lê ‘não recomendável’, entende que não deve usar aquele tipo de roupa”.

Galera da Setor 2

Galera da Setor 2

Então, sábado de manhã, hora de higienizar a cabeça. Juventus x Joseense, Copa Paulista. Baita sol. A Rua Javari passa longe do padrão Fifa, logo, vários tiraram suas camisas. Por lá o papo é outro, é “padrão Mooca”.

Na Javari, por exemplo, não tem hot dog frio de R$ 8 do Maracanã. Tem pão com mortadela feito na hora e o canolli do seu Antonio por R$ 3. No Maracanã o gandula é treinado feito pastor alemão. Na Javari, há 20 anos a função é do “Maradona”. Puro carisma. Divide o ofício entre catar bolas e acenar ao público. Sem prejuízo à eficiência. Padrão Mooca.

O folclórico 'Maradona'

O folclórico ‘Maradona’

Comparações (elitistas ou não) à parte, preocupa como a higienização do futebol – neste caso o termo define o processo de varrição do verdadeiro torcedor dos estádios – avança na medida em que se aproxima a Copa. E tende a perdurar nas atuais e futuras arenas. Com traje branco obrigatório, quem sabe, como em Wimbledon.

Este slideshow necessita de JavaScript.

CURTA NO FACEBOOK

SIGA NO TWITTER

10 pensamentos sobre “Padrão Mooca

    • Por INCOMPETÊNCIA !!! Infelizmente,essa Diretoria conseguiu acabar com o Futebol Feminino que revelou a treinadora da Seleção brasileira !E se bobear acabam com o Futebol Masculino também !

  1. muito triste constatar que muito do que se vê na javari – que é exatamente o q deve ser todo e qq futebol – esta se tornando, cada vez mais, a excessao à regra.ódio eterno ao futebol moderno! forza juve!

    • Ser reporter esportivo e cobrir um jogo na Rua Javari é algo que não tem preço,só quem faz e sente o clima é que sente a diferença, torcida, calor humano, Juventus é tudo de bom

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: