O gato preto voltou


IMG_0573[1]

A fase do Juventus não é das melhores. Em 9 rodadas da A-2 fez 9 pontos. Na semana passada teve o estádio interditado. Anteontem, um vendaval destelhou a tribuna de visitantes. Hoje a Rua Javari foi reaberta ao público. Enfim uma boa notícia. Aí veio outra derrota: 2 a 0 ante o Grêmio Osasco.

IMG_0577[1]

A fim de se livrar da nhaca, os juventinos resgataram nas últimas rodadas uma tradição: a bandeira do gato preto (foto acima). Aposentada desde 2008, ela voltou ao alambrado para trazer sorte à equipe ou azarar os rivais, tanto faz.

A lenda do gato preto nasceu em 1953. Ano em que a diretoria mandou benzer o estádio para livrar o time de um iminente rebaixamento. O trabalho incluía uma vigília no gramado durante a madrugada que antecedia a última partida do campeonato.

Naquela noite, um gato preto teria dormido dentro de um dos gols. O gol do “Setor 2” (à esquerda do portão principal), hoje ponto da organizada que leva o mesmo nome. O time foi orientado então a atacar no segundo tempo na baliza onde o felino dormira.

Funcionou. Os dois tentos da vitória salvadora saíram lá. “Depois de 1.111 dias na terceira divisão e dessa sequência de derrotas resolvemos acordar o gato”, conta Felipe Trafa (foto abaixo), membro da Setor 2.

IMG_0575[1]IMG_0572[1]IMG_0571[1]IMG_0576[1]IMG_0570[1]IMG_0574[1]

Tribuna dos visitantes que teve a cobertura arrancada por vendaval

Tribuna dos visitantes que teve a cobertura arrancada por vendaval

CURTA NO FACEBOOK

SIGA NO TWITTER

Um pensamento sobre “O gato preto voltou

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: