Yago, o zagueiro-torcedor


Zagueiro Yago acompanha o jogo após ter sido expulso

Zagueiro Yago acompanha o jogo após ter sido expulso

Em campo, ele não cooperou. Expulso no começo do segundo tempo, tornou deveras complicada a missão do Goiás de segurar o empate contra o Bahia, nesta terça, pela semifinal da Copinha. Desolado, o zagueiro se recusou a ficar no vestiário. Queria ajudar de alguma forma. Resolveu então se unir aos poucos torcedores alviverdes, em clara minoria no estádio Nicolau Alayon.

Já calçando chinelos, mas ainda de uniforme, colou no alambrado. Xingou o bandeirinha, orientou o time, gritou, rezou e negou sua camisa a dezenas de pidões (todos torcedores rivais).

Sofreu demais. A vitória foi dramática. Logo após sua expulsão, a juíza marcara um penal em  favor do tricolor. Raylan bateu e perdeu. A árbitra (estranho escrever essa palavra no feminino) mandou voltar. Yago e seus parceiros de arquibancada surtaram. Raylan voltou a cobrar e novamente o goleiro Paulo Henrique espalmou. Lembrou Waldir Peres x Breitner em 81.

Yago agradece aos céus pela vitória

Yago agradece aos céus pela vitória

O jogo foi decidido nas cobranças de pênaltis. Paulo Henrique pegou mais dois e, finalmente, Yago pode voltar ao campo para comemorar.

IMG_0266[1]IMG_0262[1]IMG_0261[1]IMG_0269[1]IMG_0260[1]IMG_0265[1]

MAIS FOTOS DO JOGO NO FACEBOOK

SIGA NO TWITTER

Um pensamento sobre “Yago, o zagueiro-torcedor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: