Maracanã e os índios


Museu com o Maracanã ao fundo

A palavra Maracanã, apelido do principal estádio brasileiro, tem origem indígena. Em tupi, significa “semelhante a um chocalho”, devido ao gorjeio dos pássaros que viviam por ali. Se já não existem índios e tantas aves por lá, resta um símbolo. Mas talvez por pouco tempo.

O imóvel centenário do antigo Museu do Índio, ao lado do estádio, está ameaçado de demolição. Construído em 1862, abrigou o Serviço de Proteção ao Índio. Em 1953, Darcy Ribeiro fundou no local o Museu do Índio, que em 1978 foi transferido para Botafogo. O governo fluminense, dono do imóvel, entende que a edificação atrapalha a dispersão do público em dias de jogos. O  Mário Filho passa por obras para a Copa do Mundo de 2014.

Do outro lado está a Defensoria Pública. O órgão pede o tombamento histórico do imóvel. Obteve uma liminar impedindo a demolição. Em outra ação, reivindica usucapião do prédio e do terreno, ocupado desde 2006 por representantes dos fuli-ôs, kaingangs e guaranis, que instalaram no local a Aldeia Maracanã. Eles querem que a área vire polo da cultura indígena, de comércio de artesanato e de hospedagem para  índios que visitam o Rio.

O assunto voltou à tona porque a Justiça Federal decidiu periciar o local, segundo noticiou ontem a Agência Brasil. O objetivo é determinar se é recuperável e se sua permanência cria realmente um gargalo.

Ora, parece-me óbvio que o prédio não só deve ficar onde está, como servir aos apelos indígenas. O Crea já atestou que ele é recuperável. E, como alega a Defensoria Pública, se quando o Maracanã recebia 200 mil pessoas não atrapalhava a dispersão, porque atrapalharia agora, com capacidade de 80 mil?

Digo mais. Mesmo que atrapalhasse deveria ficar. Não justifica derrubar parte da história por conta de um evento de um mês de duração ou por meia dúzia de jogos ao ano, quando muito, que atraem mais de 40 mil pessoas ao Maracanã. Será esse o legado da Copa? Se for, já considero um fracasso.

CURTA NO FACEBOOK

SIGA NO TWITTER 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: