Estádio Peñarol


Por meio do ótimo site padreydecano, conheci o projeto do Peñarol para construir seu estádio. O maior vencedor do futebol uruguaio sempre jogou no tradicionalíssimo, porém envelhecido (de 1930), Centenário, propriedade municipal. Inovadora, a ideia será oficialmente apresentada no próximo dia 28 de setembro, mas padreydecano já adiantou alguns detalhes. Levam a uma reflexão sobre como e quanto está se gastando nos estádios da Copa 2014.

A construtora, para iniciar a obra, exigiu adiantamento de 30% do custo total, US$ 33 milhões (ou R$ 66 milhões). Com os R$ 108 milhões da negociação do Lucas, por exemplo, daria para erguer quase dois. Mas como não tem um Lucas, o clube decidiu recorrer aos sócios.

Planeja vender previamente parte dos lugares. Camarotes para 16 pessoas, por 10 anos de uso, com três vagas no estacionamento, a US$ 60 mil. Cadeiras cativas, vitalícias, por US$ 4 mil. E um mais popular, com assento pela temporada, a US$ 250. Com capacidade para 40.200 pessoas, o estádio tem prazo de conclusão de 14 meses.

Comparando ao cenário brasileiro, a proposta é extremamente econômica e ágil. Vejamos: a Arena das Dunas (RN), menor orçamento entre os novos estádios da Copa de 2014, é de R$ 350 milhões. As reformas da Arena da Baixada e do Beira-Rio custarão, respectivamente, R$ 234 milhões e R$ 330 milhões. E a previsão para a Arena Corinthians, a mais cara, já alcançou os R$ 890 milhões. Para pensar…

SIGA NO TWITTER

3 pensamentos sobre “Estádio Peñarol

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: