Relíquias são-paulinas


Esta foto foi tirada em frente à Sorveteria Meia-Noite, no Anhangabaú, em SP. Como ainda não havia transmissão dos jogos pelo rádio, o dono do ponto recebia as informações pelo telefone e espalhava via megafone. Naquele dia, Brasil e Uruguai decidiram o Sul-Americano

Embora esteja com a data de 1923 no verso, a foto é de 1919, quando Brasil venceu o Uruguai naquele sul-americano. Seu Hélio desconfiou do erro e fez a devida pesquisa. As seleções nem sequer se enfrentaram em 1923. O valor dessa foto? Aí é negociar com ele.

No último domingo, dia 09/09, foram inauguradas novas barracas na Feira de Antiguidades do Masp. Para celebrar a ocasião, seu Hélio, dono da  número 12, expôs alguns de seus itens futebolísticos mais raros. Peças que raramente tira de casa. Como bom são-paulino, a maior parte dos objetos inegociáveis está ligada à história do Tricolor, com exceção das fotos acima.

Flâmula de 1935 do Clube Atlético São Paulo, denominação que vigorou apenas entre julho e dezembro daquele ano, antes da refundação do São Paulo Futebol Clube. Este item seu Hélio não ousou tirar de casa. Levou à feirinha uma  cópia colorida. Segundo ele, não tem preço

Postal do São Paulo campeão paulista de 1943

Foto de 1942, no jogo de estreia de Leônidas pelo São Paulo

Disco lançado em 1953. Este está à venda: R$ 250. Seu Hélio tem dois

Seu Hélio, da barraca número 12

SIGA NO TWITTER

Um pensamento sobre “Relíquias são-paulinas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: