Sausalito, 50 anos depois


Este ano comemora-se no Brasil o cinquentenário do bicampeonato mundial. Data oportuna para o governo chileno ter anunciado a reforma de um ícone dessa conquista: o Sausalito, em Viña del Mar (Chile), onde a seleção brasileira fez suas quatro primeiras partidas naquela Copa. O estádio será uma das sedes da Copa América de 2015.

E realmente, sobretudo por sua importância histórica, requer obras. Parte da arquibancada rachou no intenso terremoto que assolou a região em 2010. Desde então a área está interditada. Os banheiros, embora se pague para usá-los, estão em estado precário. E não há assentos nas arquibancadas. A visibilidade, porém, é boa de qualquer ponto, raridade no Brasil.

Pela segunda vez, a equipe do blog visitou o Sausalito para acompanhar o Everton, time local. E não demos sorte, de novo. Na primeira ocasião, na final da segunda divisão, ano passado, o clube empatou com o Rangers em 3 a 3 e perdeu a chance de subir. Neste domingo, foi derrotado pelo pequeno Deportes Barnechea, de Santiago, e despencou na classificação.

O Everton vai mal, apesar de ter o elenco mais caro da Série B. A pressão é grande para que reviva seus melhores momentos. Há três anos, disputou a Libertadores da América e o craque do time era o atacante argentino Miralles, ex- Colo-Colo, Grêmio, e hoje no Santos.

Chama a atenção a quantidade de crianças. Durante o jogo, várias peladas são disputadas nas áreas ao lado dos alambrados. No intervalo, correria da garotada atrás das bolas de plástico atiradas como brindes.

Mesmo na segunda divisão, o Everton leva bom público ao Sausalito. Neste domingo, ao meio-dia, foram 3.700 pagantes. Os ingressos mais baratos, nas chamadas galerias, custam cerca de R$ 10. O último Santos x Cruzeiro, neste Brasileirão, por exemplo, atraiu apenas 3.200 à Vila Belmiro.

O que se come no estádio de Viña e nos brasileiros é bem parecido. Amendoim, churros e o tradicional misto. Este, porém, com uma peculiaridade. Vem com abacate, comum na cozinha chilena.

SIGA NO TWITTER

6 pensamentos sobre “Sausalito, 50 anos depois

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: