Jabuca em campo


Jabaquara x Olímpia - 01/08/2012

“Pôr o Jabaquara em campo.” Para quem não conhece, a expressão é um prenúncio de confusão. Usando outras metáforas para explicar, é como dizer “a cuíca vai roncar” ou “a batata vai assar”. Reza a lenda que a frase caiu na boca do povo por conta de um tremendo quebra pau num jogo do Jabuca nos anos 40. Outra teoria, romântica, é que teria nascido de uma série de vitórias sobre  Santos, Corinthians, Palmeiras e São Paulo. O Jabaquara teve dias de glória.

Nesta tarde, no empate por 1 a 1 contra o Olímpia, o time fez jus à primeira tese. Carrinhos por trás eram comemorados como gols. Das arquibancadas do estádio Espanha, em Santos, era possível ouvir o choque das canelas. Estádio, aliás, cujo apelido é Caneleira (por outras razões, evidente).

O resultado acabou com as chances de o Leão da Caneleira chegar à Série A-3 (é, os dias de glória já eram). Em parte devido à expulsão do capitão Rodrigo, que em uma dessas divididas pôs, literalmente, o Jabaquara em campo.

SIGA NO TWITTER

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: