Galos de briga


Torcedores do Santos e do Paulista foram às vias de fato em um bar nas imediações do estádio Jayme Cintra, em Jundiaí, antes do jogo deste domingo. Um santista sofreu um corte na cabeça e precisou de atendimento médico. Até uma mulher foi socada ao tentar apartar. O dono do “Boteco do Paulista” fechou as portas e não reabriu mesmo após a cavalaria da PM debelar o tumulto.

O entrevero começou por volta das 18h (uma hora e meia antes da partida), quando integrantes da torcida Raça Tricolor, do Paulista, tentaram expulsar os santistas do boteco. Um dos líderes da facção dizia que era reduto do “Galo” (apelido do Paulista). Eles não iriam ficar, mas exigiam que os santistas saíssem, caso contrário haveria “treta”.  Acuados, alguns se retiraram. Mas, à medida que o grupo alvinegro foi crescendo, voltaram.

Logo recomeçaram os xingamentos. As imagens do vídeo abaixo explicam o resto. Vale ressaltar que, antes de os membros da organizada do Paulista aparecerem, os torcedores dos dois times dividiam as mesas amigavelmente.

5 pensamentos sobre “Galos de briga

  1. VOCES NEM SABEM O QUE ACONTECEU E FICAM FALANDO “GROSELHA” AI NA INTERNET.
    PRESTA ATENÇÃO E PUBLIQUE AS COISAS CERTAS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: